GTM-WKRD365
Skip to main content
  1. Home >
  2. Sobre a Fujitsu >
  3. Fujitsu e Kia Colaboram num Protótipo de Carro Policial Digital do Futuro com Inteligência Artificial

Fujitsu e Kia Colaboram num Protótipo de Carro Policial Digital do Futuro com Inteligência Artificial

Lisboa, May 22, 2019 – A Fujitsu anunciou hoje o desenvolvimento de um protótipo de carro policial digital do futuro com inteligência artificial. Em colaboração com um ecossistema de parceiros, e trabalhando de perto com a KIA Motors Australia, a Fujitsu conseguirá remover excedentes de equipamento, software, hardware e cabos de veículos de patrulha policial da brigada de trânsito através da integração dos sistemas de informação e dos controlos de resposta necessários num modelo KIA Stinger normal. A Fujitsu criou uma plataforma baseada em software que liga tecnologias distintas, reduzindo o custo de instalação e desinstalação, ao mesmo tempo que proporciona uma cabine mais limpa e mais segura para os agentes da autoridade.
Em conjunto, a Fujitsu e a KIA usaram o modelo Stinger normal da marca para desenvolver uma solução chave-na-mão. O ecrã de Infotainment existente no automóvel, que é partilhado por toda a gama Kia, está programado para apresentar informação e executar controlos de resposta de emergência. As vantagens desta configuração incluem:
  • Eliminação de questões associadas à implementação de airbags e bloqueio dos controlos do veículo e das condutas de ar condicionado devido à necessidade de computadores e ecrãs incorporados.
  • Maior conforto para os agentes que estão no carro durante a maior parte do seu turno.
  • Maior segurança dos agentes e do equipamento policial, uma vez que, actualmente, os agentes são frequentemente instados a operar múltiplos dispositivos enquanto conduzem e a envolverem-se com potenciais infractores a alta velocidade.
Ian Hamer, Arquitecto Principal da Fujitsu Australia, afirmou: “Agora, para construir cada carro patrulha da brigada de trânsito são necessárias múltiplas propostas de vários fornecedores individuais para cada peça de equipamento, desde o automóvel em si até ao Mobile Data Terminal (MDT), à tecnologia de reconhecimento da matrícula, ao In-Car-Video (ICV) e ao radar. O ecossistema melhorado do veículo da Fujitsu integra estes e outros componentes individuais, simplificando a instalação e remoção de equipamentos no veículo e proporcionando maior agilidade e eficiência às forças policiais.”
Chris Forbes, Gestor da Frota Nacional da KIA, comenta: “A KIA já fornece o modelo Stinger padrão às forças policiais de Queensland, para utilização nos carros-patrulha. Identificámos a quantidade de redundância no sistema com a configuração actual do veículo e temos todo o prazer em trabalhar com a Fujitsu para assegurar um maior nível de integração dos sistemas de execução da lei no seio do Stinger. Ao reduzir a quantidade de tecnologia física no automóvel, o veículo pode ser modificado ou alvo de reparações e manutenções por qualquer agente autorizado KIA na Austrália, reduzindo o tempo anteriormente despendido na manutenção de veículos em instalações especializadas.”
A performance fundamental do Stinger e as suas características de segurança desempenharam um papel fulcral na decisão das forças policiais estaduais em integrar o veículo nas suas brigadas de trânsito. O Stinger, no seu formato normal, é capaz de ir dos 0 aos 100 km/h em 4,9 segundos e tem uma classificação de segurança ANCAP de cinco estrela, à qual acrescem sete anos de garantia.
Reduzir o peso dos cabos de cobre no veículo reduz o peso e o consumo de energia do mesmo, resultando numa maior eficiência no consumo de combustível. Além disso, a solução da Fujitsu irá remover até sete inícios de sessão existentes no sistema, através da incorporação de biometria na alavanca de velocidades, uma posição natural para a palma da mão quando se liga um carro. A tecnologia de autenticação biométrica PalmSecure, da Fujitsu, guarda informação sensível, enquanto três botões de acção única na frente da alavanca de mudanças controlam as luzes de emergência e as sirenes, melhorando a segurança dos agentes, que já não têm de tirar os olhos da estrada para mexer num complexo sistema de controlo.
Ian Hamer continua: “O objectivo da Fujitsu era desenvolver um automóvel que parecesse um veículo normal em vez de um carro policial altamente modificado. Ao integrar sistemas nos sistemas incorporados no veículo, foi-nos possível remover elementos em excesso no interior da cabine. Trabalhando de perto com a especialista em sistemas de alertas de emergência Whelen Engineering, a equipa desenhou uma nova configuração modular da barra de luzes que resultará numa instalação menos invasiva que recorre a um único cordão umbilical em vez de nove cabos separados. Fruto disso, as câmaras colocadas na barra de luzes estão à altura ideal para gravar provas em vídeo. Este cordão umbilical será então encaixado no feixe de cabos principal do KIA para simplificar a instalação.”
A Fujitsu também irá integrar o radar no head-up display existente no carro, removendo a caixa de controlo montada no painel e o desagradável som doppler produzido quando se usa o radar. Na fase dois deste desenvolvimento, as capacidades de inteligência artificial (IA) irão identificar o fabricante do automóvel alvo e a sua cor usando câmaras a bordo, e estas também conseguirão reconhecer carros roubados em parques de estacionamento cheios e no meio do trânsito. A tecnologia será capaz de detectar se um transgressor sacou de uma arma e enviar automaticamente sinais de coacção. A Fujitsu e a KIA desenvolveram um protótipo para demonstrar a abordagem às forças policiais da Austrália. O projecto inicial foi financiado pelo Incubator Fund da Fujitsu, que é utilizado para investir no desenvolvimento de soluções tecnologicamente inovadoras com vista a uma comercialização futura.
Mike Foster, Chief Executive Officer, Fujitsu Australia and New Zealand, afirmou, “Este projecto demonstra o verdadeiro valor da co-criação entre organizações para alcançar um resultado empresarial que traz benefícios para a sociedade. As soluções tecnológicas inovadoras da Fujitsu, incluindo a IA e tecnologia de análise de vídeos, acompanhadas pela plataforma de veículo vanguardista da KIA, têm o potencial de transformar os veículos dos serviços de emergência. Acreditamos que esta abordagem tem aplicações muito mais vastas do que o seu uso por parte de uma força policial. A Fujitsu está a trabalhar para desenvolver um ecossistema de veículos melhorado através da extensão da tecnologia para ir ao encontro das necessidades de diversos veículos, incluindo ambulâncias, carros de bombeiros e de resgate, veículos de transporte de valores e táxis."

Recursos Online

Sobre a Fujitsu

A Fujitsu é a companhia líder japonesa de tecnologias de informação e comunicação (TIC) disponibilizando um leque completo de produtos tecnológicos, soluções e serviços. Cerca de 132.000 colaboradores da Fujitsu prestam suporte a clientes em mais de 100 países. Utilizamos a nossa experiência e o poder das TIC para moldar o futuro da sociedade com os nossos clientes. A Fujitsu Limited (TSE: 6702) apresentou receitas consolidadas de 4,0 biliões de ienes (36 mil milhões de dólares) para o ano fiscal que terminou a 31 de Março de 2019.
Para mais informações, visite www.fujitsu.pt ou www.fujitsu.com

Pedro Amaral

Telefone: Telefone: 211 557 634 / 932 981 103
E-mail: E-mail: pamaral@mediabold.com
Empresa - mediaBOLD

Susana Soares

Telefone: Telefone: 21 724 44 44
E-mail: E-mail: susana.soares@ts.fujitsu.com
Empresa - Fujitsu : Directora de Marketing,
Fujitsu Portugal

Date: 22 May, 2019
City: Lisboa