Skip to main content
  1. Home >
  2. Sobre a Fujitsu>
  3. Portugal Fujitsu quer reduzir as emissões CO2 em 15 milhões de toneladas com a sua iniciativa Green IT global

Portugal Fujitsu quer reduzir as emissões CO2 em 15 milhões de toneladas com a sua iniciativa Green IT global

A implementação mundial do projecto Green Policy Innovation aspira a reduzir as emissões CO2 em mais de 15 milhões de toneladas

Fujitsu Technology Solutions

December 18, 2009
Fujitsu quer reduzir as emissões CO2 em 15 milhões de toneladas com a sua iniciativa Green IT global

A Fujitsu anunciou hoje estar a expandir globalmente a sua iniciativa de Green IT com o objectivo de atingir uma redução cumulativa de emissões de CO2 mundiais em mais de 15 milhões de toneladas durante o período de quatro anos fiscais (2009 a 2012).
A expansão global da Green Policy Innovation ajudará os clientes e a sociedade no seu conjunto a reduzir a sua ‘pegada’ ambiental e marcará um passo significativo na realização da visão ambiental a médio prazo da Green Policy 2020 do Grupo Fujitsu, apoiando a criação de uma sociedade próspera, com baixos níveis de carbono.

Contexto
O debate internacional quanto à redução de emissões de gases de efeito de estufa intensificou-se antes da 15ª United Nations Climate Change Conference (COP15). Na mais recente “Cimeira do grupo dos oito” os líderes mundiais acordaram num objectivo internacional partilhado de reduzir para metade as emissões de gases com efeito de estufa antes de 2050, e, para atingir este objectivo, estima-se que as emissões devam atingir o pico máximo antes de 2020. A adopção rápida a nível global de produtos e serviços de conservação da energia, e a introdução de outras tecnologias ambientais avançadas, tanto em nações desenvolvidas como em países em desenvolvimento, é vista como essencial para a obtenção desses objectivos. Como companhia global de TI, a Fujitsu acredita ter um papel importante a desempenhar na redução da pegada ambiental pelo uso eficiente da energia nos equipamentos e centros de dados de TI bem como na introdução de soluções informáticas em todos os sectores da indústria e sociedade no conjunto para reduzir o ónus das actividades humanas no ambiente.

Em Dezembro de 2007, a Fujitsu lançou o seu programa de Inovação de Política Verde como um modo de auxiliar os clientes e a sociedade no seu conjunto na redução da sua pegada ambiental. Ao desenvolver TI eficientes a nível energético e introduzindo soluções ‘verdes’ em todos os segmentos da sociedade, o programa Green Policy Innovation aspirava inicialmente a reduzir as emissões CO2 em mais de 7 milhões de toneladas cumulativas no Japão no período de quatro anos fiscais 2007-2010.

Durante os dois primeiros anos do programa, até 2008, a Fujitsu atingiu uma redução de aproximadamente 2,23 milhões de toneladas de CO2.
Nos últimos anos a Fujitsu acelerou as suas iniciativas ‘verdes’ de TI em várias regiões fora do Japão, combinando os pontos fortes das suas operações mundiais e alavancando a sua perícia tecnológica e experiência de programas ambientais. Como parte desta expansão, a Fujitsu criou novas metas globais para o programa Green Policy Innovation, aspirando a reduzir emissões de CO2 no mundo inteiro em mais de 15 milhões de toneladas cumulativas nos quatro anos fiscais de 2009 a 2012. A expansão global do programa ajudará os clientes de todo o mundo a reduzir a sua pegada ambiental, actuando como pilar da visão ambiental a médio prazo da companhia, a Green Policy 2020.

As companhias do Grupo Fujitsu em todo o mundo têm elevada competência no desenvolvimento e implementação de soluções TI ‘verdes’. Para ir ao encontro dos novos objectivos globais para a Green Policy Innovation a Fujitsu está a esforçar-se para reforçar esta proficiência e para desenvolver o know-how entre as companhias do Grupo.

  • Infra-estrutura TI energeticamente eficiente empregando tecnologia de vanguarda
    Os Laboratórios da Fujitsu desenvolveram os primeiros transístores de gálio-nitreto do mundo com alta mobilidade dos electrões (HEMT) que podem minimizar a perda de energia em fontes de alimentação. Isto é somente um dos progressos revolucionários das TI ‘verdes’ da Fujitsu que apoiam o desenvolvimento de equipamentos TI eficientes ao nível energético. Os produtos de middleware da Fujitsu completam o hardware visualizando modelos de consumo de energia e fornecendo outras funções de optimização e de virtualização que aumentam a eficiência energética de sistemas de TI.
  • Outsourcing de serviços a partir de centros de dados utilizando as TI mais ecológicas e avançadas
    A Fujitsu está a aprimorar o desenho sustentável dos seus centros de dados em todas as regiões do mundo. No Reino Unido, os centros de dados da Fujitsu iniciaram a implementação piloto das mais recentes tecnologias de simulação de consumo de energia, projectadas para optimizar a operação de instalações e de equipamentos de TI. Na Austrália, os centros de dados oferecem tecnologias híbridas de arrefecimento de alta densidade, que utilizam a reciclagem de água refrigerada e o planeamento da disposição espacial dos equipamentos a fim de minimizar as correntes termais. No Japão, os centros de dados mais avançados empregam sistemas de ar condicionado por pontos, simulação termofluída, monitorização da temperatura em pontos múltiplos utilizando fibra óptica e várias outras tecnologias. Uma das tecnologias mais recentes a introduzir é um sistema de detecção das condições ambientais, de larga escala e granulação fina, que engloba sensores de fluxo de ar e temperatura compactos e eficientes do ponto de vista energético, interligados por uma tecnologia especializada exclusiva. A Fujitsu continuará a actualizar constantemente a tecnologia ambiental nos seus centros de dados para assegurar que os seus serviços de outsourcing contribuem para baixar a pegada ambiental dos seus clientes e das próprias instalações dos centros.
  • Serviços de consultadoria ambiental para melhorar a gestão ambiental dos clientes
    As companhias do Grupo Fujitsu no Japão, Austrália e outros países fornecem serviços de consultoria para aperfeiçoar a gestão ambiental dos clientes. As principais empresas confiam nesses serviços para melhorar o seu desempenho ambiental. A Fujitsu alavancará a sua perícia global nesta área para expandir os seus serviços de consultoria que reduzem os encargos ambientais dos clientes.

Os servidores, sistemas de armazenamento, PC, equipamentos de rede e outros produtos de hardware que a Fujitsu vende globalmente oferecem características líderes de eficiência energética e um desenho compacto. Além disso, a Fujitsu apoia a virtualização de servidores, eficiente no que concerne à energia, com os seus produtos middleware, e procura obter a eficiência energética nos seus centros de dados.

  • PRIMERGY BX900
    Sistema blade server compacto de baixa potência com virtualização, arrefecimento, visualização de consumo e outras ferramentas avançadas que, em conjunto, reduzem o consumo de energia até 40% comparados com um modelo de servidor de bastidor 2006.
  • PRIMERGY TX120
    Servidor com a maior eficiência energética, pegada compacta e operação ultra-silenciosa.
  • ETERNUS DX60/DX80
    Matriz de discos de entrada, compacta, de baixo consumo, com 60% menos partes móveis em comparação com modelos anteriores, e redução até 43% do consumo de energia comparado com sistemas prévios, juntamente com uma definição "Eco-Mode".
  • ServerView Suite/ServerView Resource Coordinator VE
    Middleware de alto desempenho com visualização de consumo de alimentação e outras funções altamente avançadas de gestão de energia e virtualização de sistema, proporciona operações de conservação energética.
  • ESPRIMO E7935 de 0 watts
    Introduzido na Europa, o primeiro PC de 0 watts do mundo com emissões nulas durante a posição “stand by”.
  • Lifebook T4410
    Um PC Verde EPEAT, com certificação GOLD para a América do Norte, alardeando uma retroiluminação LED, baixo consumo e componentes sem mercúrio.
  • FLASHWAVE 9500
    Equipamento de rede fotónica de com arquitectura de convergência multicamada, assegurando não só alto desempenho como eficiência energética.
  • Centro de Dados Sustentáveis com Eficiência Energética Superior
    No Reino Unido o Grupo Fujitsu ganhou a primeira certificação Tier III (ver nota) do Uptime Institute por um serviço de outsourcing que utiliza um centro de dados com um sistema de arrefecimento sem consumo de energia e outras inovações. Na América do Norte e Austrália, os centros de dados da Fujitsu atingiram excelentes níveis de desempenho ambiental adoptando tecnologia avançada, como células de combustível e sistemas de gestão de edifícios com arrefecimento por água e inovadores sistemas de reciclagem. No Japão, a Fujitsu a está fazer funcionar um centro de dados sustentável com tecnologias que incluem um sistema de gestão de operação de centro de dados com tecnologia de visualização de consumo de energia, células solares que alimentam as instalações, bem como um sistema de ar condicionado pontual que impede ‘pontos quentes’ de se formarem dentro do centro de dados. Essas tecnologias contribuem para a redução das emissões de CO2 das instalações em 40%.

A Fujitsu assegura serviços e soluções aos fabricantes, transportadores e a diversas indústrias, bem como apoio a operações de back-office. A Fujitsu também disponibiliza serviços de outsourcing através de centros de dados projectados para uma maior eficiência energética. Essas soluções realçam a eficiência energética das empresas clientes e reduzem a sua pegada ambiental.

  • Outsourcing de serviços prestados em centros de dados optimizados
    No Reino Unido, os centros de dados sustentáveis da Fujitsu ajudam os clientes a reduzirem as suas emissões de CO2 associadas com equipamento e operações de TI em aproximadamente 3.000 toneladas (a quantidade que 2.000 casas produziriam durante um ano).
  • SAP AMO (Externalização de Gestão Aplicada)
    Este serviço melhora significativamente a eficiência de operações SAP reduzindo a pegada ambiental dos clientes. No Japão, os clientes que entregam à Fujitsu a gestão e manutenção das aplicações SAP podem reduzir emissões de CO2 em 68% (comparado com a própria gestão dos clientes).
  • Soluções logísticas que aumentam a eficiência e reduzem as emissões de carbono
    No Japão, a Fujitsu fornece um sistema de controlo de tráfego que melhora a eficiência de alocação de veículos e de trajectos de entrega pela utilização de GPS e dados de tráfego. Além disso, a solução de sistema de controlo de tráfego gere os tempos mortos e a aceleração/travagem exagerados para reduzir os custos operacionais dos clientes e promover a condução segura. De um modo geral, a solução permite aos clientes reduzirem as emissões de CO2 associadas com o transporte em 19%.
  • Serviço de saúde que baixam o impacto dos fornecedores no ambiente
    Na Finlândia, a Fujitsu entrega soluções de registo médicas sob forma electrónica, o que elimina a necessidade de registos de pacientes baseados em papel, promovendo a troca eficiente de informação entre os fornecedores de serviços de saúde. No Japão, a Fujitsu entrega soluções de registo médicas sob forma electrónica, o que pode reduzir a emissão de CO2 em 30% (comparado com sistemas de gestão de registo baseados em papel).
  • Serviços de consultadoria ambiental para ajudar os clientes a melhorar a sua gestão ambiental
    Na Austrália, os serviços de consultoria da Fujitsu proporcionam economias superiores a 20% no custo associado com a energia e emissões de gases com efeito de estufa das TI, proporcionando aos clientes uma estratégia e um programa abrangente de iniciativas para o desenvolvimento sustentável das empresas.


Fujitsu e Sustentabilidade
Na Fujitsu, a sustentabilidade ambiental é um compromisso de longo prazo que data de 1993, quando a companhia estabeleceu o seu primeiro programa ambiental. A missão da Fujitsu passa por criar um futuro próspero, baixo em emissões de carbono. A visão da Fujitsu é atingir esta meta através de inovações de TI que reduzam a pegada ambiental na sociedade e o impacto das próprias TI pelo programa de Green Policy Innovation. Estamos constantemente a inovar com serviços de TI “verdes” que ajudam as organizações a reduzirem a sua pegada de carbono através de práticas e tecnologias sustentáveis. Os nossos produtos recicláveis, que poupam energia, são projectados para diminuir o impacto ambiental das TI no planeta. As nossas fábricas, centros de dados e escritórios estão a ser projectados para emissões baixas, recorrendo a energias renováveis e usando ambientes ajardinados naturais. Completamos essas actividades com a conservação de vastas áreas de terreno no sudeste asiático, programas de redução de carbono e governação verde que guiará o mundo. Em 2006, a Fujitsu concluiu a integração global do seu sistema de gestão do meio ambiente baseado em ISO14001.

Nota: Tier III – Os Datacenters são avaliados com base na sua qualidade, incluindo níveis de redundância, etc, sendo atribuída uma gradação Tier I-IV, onde o valor mais alto representa melhor qualidade.

Notas para o editor:

Sobre a Fujitsu

A Fujistu é um fornecedor líder de soluções tecnológicas de informação focadas na Internet para o mercado global. As suas tecnologias "pace-setting", plataformas de computação e telecomunicações líderes, e os colaboradores mundiais as áreas de sistemas e serviços tornam a Fujitsu na única empresa posicionada para lançar infinitas possibilidades na área Internet que ajudam ao sucesso dos seus clientes. Com sede em Tóquio, a Fujitsu Limited (TSE:6702) anunciou resultados consolidados de 5.48 triliões yen no ano fiscal que terminou a 31 de Março de 2001.

Contacto

Pedro Amaral
Phone Telefone:+351 21 914 20 55 +351 93 298 11 03
Email E-mail: pamaral@mediabold.com
EmpresamediaBOLD

Contacto

Susana Soares
Morada: Rua General Firmino Miguel, nº 6 - Piso A Lisboa Portugal 1649-043
Phone Telefone:21 724 44 44
Email E-mail: susana.soares@pt.fujitsu.com
EmpresaFujitsu