Skip to main content
  1. Home >
  2. Sobre a Fujitsu>
  3. Portugal Estudo Fujitsu revela produtividade e eficiência das empresas

Portugal Estudo Fujitsu revela produtividade e eficiência das empresas

Apenas 29% consideram as suas organizações eficientes 54% não acredita que a recuperação económica acontecerá nos próximos 12 meses 78% continuam a investir em tecnologia numa visão de longo prazo

Fujitsu Technology Solutions

September 24, 2009
Estudo Fujitsu

A Fujitsu Services, com o constante compromisso de responder às necessidades dos seus clientes, efectuou um estudo a nível europeu que identifica os principais desafios nas empresas ao nível da organização, produtividade e eficiência. A pesquisa envolveu 150 entrevistas a decisores de seis mercados (Portugal, Espanha, Inglaterra, Alemanha, Dinamarca e Suécia) e focou-se no actual clima económico, no papel da produtividade e eficiência dentro das organizações e na postura Lean adoptada pelas empresas.

Clima económico exigente
A primeira parte do estudo debruçou-se sobre o actual clima económico, de que forma as empresas o estão a encarar, quais as perspectivas para o superar e como é que os investimentos em tecnologia têm sido geridos. Apesar de 54% dos entrevistados não acreditar numa recuperação económica em menos de 12 meses, o estudo revelou que as actuais prioridades dos decisores passam pela redução de custos (30%), aumento de produtividade (24%) e aposta na inovação (13%).
Globalmente, nos últimos 12 meses, verificou-se um desinvestimento no budget de 59% das empresas questionadas. Especificamente nos budgets de TI, o investimento manteve-se (34%) ou decresceu ligeiramente (31%) no último ano – curiosamente, apenas 45% das empresas mede o ROI (“Return On Investment”) dos seus investimentos em TI.

Foco na eficiência e produtividade
Na vertente da avaliação da eficiência, o estudo Fujitsu revelou que apenas 29% das empresas entrevistadas consideram a sua organização muito eficiente. No entanto, 68% das empresas confirmou ter objectivos estabelecidos ao nível da melhoria de desempenho e produtividade. A falta de eficiência das empresas muitas vezes deve-se à incapacidade de adoptar os processos definidos (35%) e ausência de processos de gestão (21%).
O investimento nas TI a longo prazo continua a ser uma realidade para 78% dos quadros questionados, enquanto 70% afirmaram ainda estar a alocar o budget IT para sistemas back office que permitam reduzir custos e aumentar a eficiência.

A procura do Lean
Nos últimos 12 meses, segundo o estudo da Fujitsu, mais de metade das organizações (52%) efectuaram processos de transformação significativos na sua operação, fundamentalmente nas áreas de tecnologias de informação (31%), financeira (29%) e de recursos humanos (18%). No final do processo, 79% dos entrevistados conclui que as transformações operadas na organização produziram um impacto positivo. No entanto, esta realidade Lean está mais presente em países como a Alemanha e França, uma vez que em Espanha e Inglaterra, por exemplo, o conceito Lean é desconhecido para 93% e 72% dos inquiridos, respectivamente.
Para as empresas familiarizadas com o conceito de gestão Lean, 42% afirmam que esta permite uma utilização mais eficiente dos recursos da organização, enquanto 38% recordam a importância do Lean na redução de desperdício nas empresas, baseada na melhoria continua de processos.

O perfil das organizações entrevistadas em Portugal e integradas neste estudo abrangeu diversas empresas e institutos públicos, bem como organizações que actuam há muitos anos em sectores de actividade como a banca, os seguros e os transportes.


Notas para o editor:

Sobre a Fujitsu

A Fujistu é um fornecedor líder de soluções tecnológicas de informação focadas na Internet para o mercado global. As suas tecnologias "pace-setting", plataformas de computação e telecomunicações líderes, e os colaboradores mundiais as áreas de sistemas e serviços tornam a Fujitsu na única empresa posicionada para lançar infinitas possibilidades na área Internet que ajudam ao sucesso dos seus clientes. Com sede em Tóquio, a Fujitsu Limited (TSE:6702) anunciou resultados consolidados de 5.48 triliões yen no ano fiscal que terminou a 31 de Março de 2001.

Contacto

mediaBOLD
Phone Telefone:21 919 82 10
Email E-mail: pamaral@mediabold.com
EmpresamediaBOLD

Contacto

Susana Soares
Phone Telefone:+351 21 724 44 44
Email E-mail: susana.soares@pt.fujitsu.com
EmpresaFujitsu Services
Country Marketing Manager