Skip to main content
  1. Home >
  2. Sobre a Fujitsu>
  3. Portugal Fujitsu Hitachi Plasma Display Constrói Nova Fábrica de PDP no Japão

Portugal Fujitsu Hitachi Plasma Display Constrói Nova Fábrica de PDP no Japão

Novas instalações potenciarão a capacidade de produção combinada de PDPs (Plasma Display Panels) para três milhões de unidades por ano

May 05, 2004

A Fujitsu Hitachi Plama Display Ltd (FHP), uma joint-venture entre a Fujitsu e a Hitachi, anunciou a construção de uma nova instalação para a produção de painéis de ecrã de plasma (PDPs), adjacente à fábrica existente em Miyazaki, no sul do Japão. Esta nova instalação antecipa um maior crescimento na procura de ecrãs gigantes de PDPs, por volta de 2006 e 2007, usados em ecrãs planos de TV e ecrãs de mensagens publicitárias.

A construção da nova fábrica (apelidada de Plant#3), que possuirá uma capacidade máxima de 150,000 unidades por mês, está prevista começar no princípio de 2005, com um volume de produção inicial de 50,000 unidades por mês, a iniciar no fim do mesmo ano. Simultaneamente, a FHP está a acelerar os planos para aumentar a capacidade de produção nas suas instalações existentes (Plant#2), de 50,000 para 100,000 unidades por mês, por volta de Janeiro de 2005 (quatro meses antes do planeado). Esta expansão agressiva oferecerá capacidade de produção combinada ao máximo, no complexo Miyazaki, de 250,000 unidades por mês - 3 milhões de unidades numa base anual de produção – por volta de 2007, posicionando-se entre as maiores instalações de produção de PDP, do mundo.

No meio da mudança para a radiodifusão digital e a proliferação de DVDs e outros conteúdos digitais, os PDPs, com o seu grande tamanho de ecrã, perfil estreito e uma excelente interface digital, estão a beneficiar de uma procura explosiva nos mercados de aparelhos de televisão de ecrã plano e monitores de informação pública. Ao contrário dos LCDs ou ecrãs de projecção, os PDPs são dispositivos autoluminiscentes que ganharam uma vasta aclamação pela sua capacidade superior de reproduzir a delicadeza e profundidade emocional das imagens originais de vídeo. É esperado, mais para a frente, que diversos factores conduzam a um crescimento ainda mais marcante no Mercado de aparelhos de televisão de ecrã plano, incluindo a expansão da área de serviço para radiodifusão digital no Japão, a massificação da TV de alta definição na América do Norte e os eminentes eventos altamente cobertos pela TV, como os Jogos Olímpicos de Atenas este Verão e a FIFA 2006 World Cup, na Alemanha. A FHP prevê que estes factores aumentem drasticamente o número do Mercado de PDP, de 1.4 milhões de unidades em 2003, para 10 milhões de unidades em 2007.

A FHP, que está especializada no desenvolvimento e produção de ecrãs gigantes de PDPs, foi fundada em 1999 através de uma joint-venture da Fujitsu Limited e da Hitachi, Ltd. Possui uma capacidade de produção actual de 50,000 unidades por mês, posicionando-se entre um dos maiores fabricantes de PDP do mundo.

Potenciando as inovações tecnológicas proprietárias como a Alternate Lighting of Surfaces (ALIS), extended ALIS (e-ALIS) e processo de Technology of Reciprocal Sustainer (TERES) *, a FHP fornece módulos de alta resolução de PDP, competitivos a nível de preço, a muitos dos fabricantes líderes mundiais de aparelhos de televisão.

Expandindo significativamente a capacidade na Miyazaki, a nova Plant#3 será usada para produzir módulos de PDP de alta definição, empregando os processos de ALIS & TERES, assim como os processos e-ALIS – o que aumentará a luminosidade e a performance da dissipação de energia. Em conjunção com estes planos de expansão, a FHP espera contratar aproximadamente 1,000 novos colaboradores, principalmente engenheiros e operadores, por volta de 2007.

A Nova Instalação de Produção (Plant#3)

LocalizaçãoKunitomi-cho, Higashi-Morokata-gun, Miyazaki-ken, Japão - (Adjacente às correntes instalações da FHP Miyazaki)
Área de Construção88,800 metros quadrados; dois pisos (quase três pisos)
Capacidade de ProduçãoMáximo de 150,000 unidades/mês (base de saída)
Construção do edificoA começar no início de 2005
Volume de produçãoA começar no fim de 2005
Investimento de capital projectado75 mil milhões de yen japoneses (na altura da capacidade máxima)

Capacidade Global Planeada no Complexo Miyazaki

 (Set. 2003)(Jun. 2004)(Jan. 2005)(Fim de 2005)(2007)
Plant#250k/mês70k/mês100k/mês100k/mês
Plant #350k/mêsMAX150k/mês
Total50k/mês70k/mês100k/mês150k/mêsMAX250k/mês

Notas aos Editores

  • ¦O ALIS (Alternate Lighting of Surfaces) é um processo inovador que apresenta, alternadamente, linhas pares e ímpares a alta velocidade. Esta tecnologia torna possível criar imagens de alta resolução, usando o mesmo número de eléctrodos que os usados na tecnologia de VGA convencional.
  • ¦O processo e-ALIS (extended ALIS) avança ainda mais o processo ALIS, permitindo um desenvolvimento do ecrã e uma maior luminosidade.
  • ¦O processo TERES (Technology of Reciprocal Sustainer) reduz a condução de voltagem convecional em metade.
  • ¦ALIS & TERES é uma marca registrada da Fujitsu Hitachi Plasma Display Ltd.
  • ¦A Plant #1 na Miyazaki está a ser usada para assemblagem de módulos e propósitos de I&D.

  • Sede: Kawasaki City, Kanagawa Prefecture, Japão
  • Fundada: Abril 1999
  • Capital: 30 mil milhões yen (50% Fujitsu Limited, 50% Hitachi, Ltd.)
  • Presidente: Yoichi Morimoto
  • Empregados: aproximadamente 1,000

Contacto

Ana Ferreira
Morada:Rua General Firmino Miguel, nº 6 - Piso A Green Park 1649-043 LISBOA Portugal
Phone Telefone:21 724 44 44
Email E-mail: ana.ferreira@pt.fujitsu.com
EmpresaFujitsu Siemens Computers