Skip to main content
  1. Home >
  2. Sobre a Fujitsu>
  3. Portugal ICL foca toda a Empresa na Estratégia de Serviços de e-Business

Portugal ICL foca toda a Empresa na Estratégia de Serviços de e-Business

Fundos serão desbloqueados através da emissão de títulos, spin-off e alienações antes da cotação da ICL na Bolsa

ICL

April 17, 2000

A ICL anunciou a aceleração da sua estratégia focada exclusivamente nos serviços de e-Business, após o lançamento, em Novembro, de um programa de expansão de e-business avaliado em 100 milhões de libras.

Como apoio a esta estratégia, a empresa delineou a primeira fase de um programa para desbloquear alguns dos fundos significativos gerados no grupo, através de uma combinação de emissão de títulos, spin-off e alienações, antes da cotação da ICL na Bolsa, a ocorrer ainda este ano. Os fundos angariados serão utilizados para acelerar o crescimento dos negócios globais da ICL em serviços de e-Business e e-Learning.

A ICL anunciou, especificamente:

  • A sua intenção de pedir a cotação da KnowledgePool, a empresa de e-Learning da ICL, na Bolsa de Valores de Londres e no Nasdaq. A ICL pretende manter a maioria accionista da KnowledgePool após a cotação. Prevê-se que a emissão de títulos da KnowledgePool esteja concluída antes da cotação da ICL na Bolsa.
  • A já planeada transferência das operações da ICL na Suécia, Noruega e Dinamarca para a ICL Data Oy (a operação finlandesa da ICL), para a criação de uma empresa nórdica de serviços de e-Business. No mês transacto, a ICL vendeu 16,8% da ICL Data a um consórcio de investidores internacionais liderado pelo Enskilda Securities AB, o banco de investimento sueco, por 141 milhões de libras (235 milhões de euros).
  • A criação de uma "unidade de incubação" na ICL, para identificar oportunidades de investimento na Internet e fomentar operações de e-Business com potencial para se tornarem empresas independentes. A ICL irá progressivamente proceder à transferência do capital para essas empresas, mantendo simultaneamente os relacionamentos financeiros e tecnológicos.
  • A aceleração do seu programa de e-skilling, com a criação do maior programa de e-skilling na Europa. Cerca de 3 mil empregados por ano receberão formação no âmbito de um novo programa: o "e-Business Skills Programme". Para tal, irá criar centros de formação no Reino Unido, Alemanha e EUA.
  • O alinhamento do negócio da ICL de acordo com três áreas de investimento em TI´s: e-Innovation, e-Applications e e-Infrastructure. Este modelo facilita a implementação de tecnologia de ponta na área de e-Innovation (por exemplo, serviços bancários online através de telemóveis com tecnologia WAP) que é consequentemente replicada sob a forma de produtos standard, focados na remodelação de modelos de negócio de clientes, com rápida implementação a partir da área de e-Applications. A área de e-Infrastructure da ICL fornece sistemas de escala empresarial, decisivos para o negócio, para suporte às operações de negócio (por exemplo, Web hosting, outsourcing e serviços de gestão de infra-estruturas).
  • O encerramento e alienação de vários negócios secundários como parte do foco da empresa em serviços de e-Business.
  • O encerramento do negócio de distribuição comercial da ICL. Este nicho de actividade, parte integrante da divisão de Multivendor Computing da ICL, foi responsável pela venda de computadores a pequenos revendedores e obteve um encaixe de aproximadamente 60 milhões de libras. Esta actividade de baixo volume e pouca margem de lucro oferece pouco valor acrescentado à empresa na nova economia.
  • A ICL assinou um acordo com a 3i plc para a venda do seu negócio europeu de logística de peças, empresa armazenista e distribuidora de peças de substituição para sistemas informáticos. A unidade emprega cerca de 300 pessoas na Europa, 230 das quais trabalham no Reino Unido. O desinvestimento reduzirá os custos de operação e libertará capital, ao mesmo tempo que assegura o acesso contínuo a uma empresa mundial de logística de peças de substituição.

"No ano passado apresentámos um plano ambicioso para expandir ainda mais a capacidade dos nossos serviços de e-Business em todo o mundo. Foi o prelúdio para o reencaminhamento, em grande escala, das actividades da ICL exclusivamente para os serviços de e-Business.", afirma Keith Todd, CEO da ICL.

E continua, "Agora, o nosso objectivo é concretizar algum do valor significativo que criámos na ICL através da já planeada cotação em bolsa dos nossos negócios na Escandinávia e de e-Learning, que nos dará recursos para um maior crescimento e desenvolvimento."

As previsões da IDC apontam para um crescimento anual no mercado de serviços via Internet, na Europa Ocidental, na ordem dos 67%, ultrapassando o ritmo de crescimento nos EUA. Esta explosão de serviços de e-Business será conduzida pelos governos e empresas, mediante a integração de tecnologias de Internet em todas as áreas do seu negócio. Os nossos antecedentes em e-Business, já comprovados, associados à nossa tradição de fornecer infra-estruturas seguras e fiáveis, permitem-nos competir por uma fatia maior deste mercado."

Segundo Marianne Kolding, analista da International Data Corporation (IDC), "Ao longo dos últimos dois anos, a ICL tem vindo a concentrar-se progressivamente no desenvolvimento de serviços relacionados com a Internet e dá agora o passo decisivo, anunciando que a empresa se vai dedicar exclusivamente ao mercado de serviços de e-Business. A forte presença da ICL no importante mercado nórdico de e-Business consolida a sua posição como fornecedor de serviços de e-Business líder na Europa."

A ICL anunciou, também, os seguintes novos contratos:

  • Um acordo com a SAP UK para desenvolvimento de soluções que permitam o acesso ao mySAP.com a partir de telemóveis e outros equipamentos móveis com tecnologia WAP (wireless application protocol).
  • Um acordo com a Affinity Internet Holdings no sentido de fornecer a gestão integral de serviços de Internet “end-to-end” à medida que a referida empresa estende os seus serviços de acesso à Internet na África do Sul, Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Luxemburgo, Noruega, Suécia e Suíça.
  • A primeira fase de um contrato de consultoria em e-Business com o Ministry of Sound, um dos sites de música líderes no Reino Unido. O contrato incidirá sobre o desenvolvimento de funções de CRM (Customer Relationship Management), gestão de conteúdos e compras online (e-shopping) como uma solução totalmente integrada.

Notas aos Editores

Sobre a ICL

A ICL é uma das empresas de soluções de TI líder na Europa, Médio Oriente e África (EMEA), empregando mais de 17700 pessoas. Desenha, desenvolve e opera sistemas e serviços de TI para clientes nos Serviços Financeiros, Telecomunicações, Retalho e Administração Pública. A ICL é um parceiro dos seus clientes no desenvolvimento dos seus negócios, com vista a torná-los mais eficientes e rentáveis, fornecendo os serviços de TI e e-Business necessários para o sucesso no mundo competitivo de hoje. Estes serviços englobam a consultoria, concepção, e integração de sistemas até aos serviços de gestão de infraestrutura que sustentam os requisitos ‘mission-critical’ para o negócio das empresas de hoje. No ano findo em 31 de Março de 2001, as receitas da empresa ascenderam a £2,418.7 milhões. Com sede em Londres, a ICL é o braço europeu da estratégia global de serviços de TI do Grupo Fujitsu.

Contacto

Paula Teixeira
Phone Telefone:21 7244269
Fax:21 7244270
Email E-mail: paula.teixeira@services.fujitsu.com